17 de janeiro de 2021
Campo Grande 26º 23º

Dourados terá novo sistema de transporte público em 2014

O novo sistema de transporte urbano de Dourados, idealizado pelo prefeito Murilo e que será implantado em 2014, inclui uma série de melhorias, como novos e modernos ônibus, novas linhas e a construção de dois terminais de transbordo a serem instalados nas regiões leste e oeste da cidade para diminuir o tempo de espera e de viagem dos passageiros.

De acordo com o projeto, elaborado por uma empresa especializada e contratada pela prefeitura especificamente para essa finalidade, as pessoas que usam o transporte público terão diversos benefícios, principalmente redução no gasto com a passagem, mais conforto e rapidez.

A empresa elaborou as alterações com base em uma pesquisa feita no ano passado entre os usuários de ônibus. Também foram feitas quatro audiências públicas para discutir o novo sistema com a sociedade. A última audiência, no dia 21 de outubro, no auditório da 4ª subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), serviu para apresentação do projeto definitivo.

As estações de integração vão permitir o uso dos ônibus biarticulados para trafegar apenas pela Avenida Marcelino Pires. A Estação Oeste será instalada no Parque Antenor Martins, na Rua Joaquim Távora, entre as ruas Floriano Peixoto e Onofre Pereira de Matos.

A Estação Leste será instalada no Jardim Márcia, entre as ruas Wilson Dias Pinto e Marechal Rondon, na saída para Campo Grande.

Além de receber os ônibus biarticulados, que vão circular apenas pela Marcelino Pires, as estações também vão receber os chamados “ônibus alimentadores”, que saem dos bairros e distritos.

Para se deslocarem para outros bairros, os passageiros terão de passar por uma das duas estações e pegar outro ônibus. O usuário vai utilizar cartões e não vai precisar pagar outra passagem quando trocar de ônibus na estação.

De acordo com o projeto elaborado por determinação do prefeito Murilo, a estação do Parque Antenor Martins será maior e vai contar com lanchonetes, terminais de bancos, além de alternativas de transporte, como mototáxi e bicicletário. “O objetivo é fazer com que a estação tenha uma boa circulação de pessoas”, explicou o secretário de Serviços Urbanos Luis Roberto Martins Araújo.

Ele informou que a implantação destas duas estações e mais as linhas alimentadoras fazem parte da primeira etapa do projeto, cuja licitação será encaminhada em breve. “A partir deste ano, Dourados terá um novo conceito de transporte coletivo, muito diferente do que existe. Essa é a determinação do prefeito Murilo”, destacou o secretário.

LINHAS

O atendimento das linhas segue o Plano Diretor Municipal quanto ao raio de abrangência de 300 metros. Também serão implantadas linhas distritais alimentadoras para Macaúba, Vila Vargas, Usina São Fernando, Itahum, Indápolis, Panambi e Usina São Marcos.

De acordo com o projeto que será implantado em três etapas, inicialmente serão utilizados 56 ônibus, sendo que 25% da frota terá que ser nova.

A prefeitura publicou no dia 1º de novembro de 2013, no Diário Oficial do Município, a Lei 3.723/2013, alterando dispositivos da Lei 3.449/2011 que trata do transporte coletivo da cidade.

Dourados News