04 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 18º

Médico é preso acusado de ameaçar pessoas em Amambai

Um médico de 38 anos, foi preso pela Polícia Militar e autuado em flagrante pelo delegado titular de Polícia Civil local, Dr. Marcius Geraldo Cordeiro, sob acusação de ameaçar pessoas, em Amambai. Segundo o delegado responsável pelo caso, Dr. Marcius Cordeiro, de posse de quatro artefatos, uma espingarda de pressão, um facão e duas armas fictícias, uma réplica de um fuzil calibre AR-155.56mm e de uma pistola calibre 9mm, o médico teria ameaçado várias pessoas na tarde da última sexta-feira (6) na cidade. De acordo com o delegado, as ameaças teriam iniciado por uma funcionária do Lar do Menor da cidade. Na casa de abrigo estaria uma adolescente de 15 anos, já com passagens pela Justiça no estado de Tocantins, que teria convivido com o médico por algum tempo em Amambai. Dr. José Brites dos Santos, que atuou no serviço público de saúde em Amambai e recentemente fez uma greve individual, inclusive colocando faixa na cidade, também teria ameaçado de morte, segundo o delegado, o também médico e vice-prefeito do município, Dr. Ednaldo Luiz Bandeira.De acordo com a polícia, no ato da abordagem, por parte dos policiais militares na tarde da sexta, o médico estava na frente de sua residência apontando a pistola, posteriormente identificada como sendo uma arma de brinquedo, porém bastante semelhante a uma pistola de verdade, para pessoas que passavam pela rua. Segundo o delegado responsável pelo caso, Dr. Marcius Cordeiro, a prisão em flagrante do médico, que foi encaminhado ao EPAm (Estabelecimento Penal de Amambai), se deu em virtude de seu estado bastante alterado, que estaria colocando em risco a segurança da sociedade. Região News