19 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 21º

Obras do Hopsital Regional de Dourados devem começar este ano

As obras do Hospital Regional de Dourados devem ser licitadas ainda este ano e a primeira etapa já foi ordenada pelo governador André Puccinelli (PMDB). O Hospital Regional de Dourados é um projeto antigo do deputado estadual George Takimoto (PDT) que com apoio do governo do Estado e do empresário douradense Adão Parizotto, será em breve realizado.

Parizotto, que doou o terreno de cinco hectares onde será construído o hospital, conta que decidiu colaborar depois de receber o pedido do deputado Takimoto, que por diversas vezes o procurou para mostrar a importância do hospital para a população da região e também para satisfazer um desejo antigo de sua mãe, já falecida.

O Hospital Regional do Dourados irá atender 32 municípios da região conhecida como Grande Dourados e do Cone-Sul do Estado. O novo empreendimento irá permitir que milhares de famílias da região possam ter acesso a atendimento de média e alta complexidade sem ter que se deslocar para Campo Grande, capital do Estado, conforme explica o principal idealizador do hospital deputado George Takimoto, que é médico há 42 anos no município de Dourados e tem trabalhado para garantir melhorias na saúde pública da região. Conforme o governador, por este ser um ano eleitoral foi preciso já licitar e fazer a reserva orçamentária da primeira etapa do hospital, que terá custo de R$ 20 milhões, provenientes de recursos estaduais. Esta etapa compreende a construção de 120 leitos, já previstos no projeto inicial. "Licitamos a primeira etapa porque no último ano de mandato de exercício se você licita e não termina, você tem que deixar o recurso provido, então fizemos isso", explica Puccinelli.

Já a segunda etapa será licitada em 2015 após início do exercício fiscal e da conclusão do projeto, que, por reivindicação de Takimoto, terá mais 80 leitos que serão custeados com recursos do Ministério da Saúde. O deputado George Takimoto explica que esteve em Brasília participado de reuniões com ministro da saúde e com técnicos do ministério para mostrar a necessidade de ampliação de leitos devido à carência de atendimento médico na região.

"Esta é uma conquista de todos os parlamentares de Dourados e principalmente da população, que sofre com a precariedade da saúde em Dourados que está defasada”, afirma. Segundo o deputado, o projeto sofrerá algumas alterações para serem adaptados os novos leitos, mas as obras da primeira fase que contam com recursos e apoio do governo do Estado, por determinação do governador André Puccinelli (PMDB), devem começar ainda este ano.

Heloísa Lazarini