24 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 23º

Prefeito diz que vai corrigir falhas para tentar salvar concurso

O prefeito Ari Basso ainda está confiante de que será possível corrigir as falhas que vierem eventualmente a ser apontadas pelo Tribunal de Contas, aprovar na Câmara Municipal a criação dos cargos ainda a tempo de realizar o concurso público para o preenchimento de 316 vagas nos dias 18 e 19 de janeiro, conforme prevê o último edital.

“Vamos acionar a assessoria jurídica e fazer tudo dentro da legalidade”, comenta o prefeito. Ele ainda espera pela notificação do TCE que por decisão do conselheiro José Anselmo suspendeu de forma liminar o concurso.

Além da questão da oferta cargos que ainda não existem na estrutura da Prefeitura, o Ministério Publico de Contas questionou também a contratação da FAPEC (Fundação de Apoio a Pesquisa e a Cultura) para organizar o concurso sem licitação ou um procedimento administrativa de dispensa ou inexigibilidade da concorrência pública.

O prefeito diz que caso não seja possível resolver estas questões, o concurso será cancelado e o dinheiro das inscrições devolvido aos mais de 5.900 candidatos.