28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

Prefeitura reforça mobilização e quer comunidade atenta

dengue Na próxima quinta-feira, 12, a partir das 8h, cerca de 15 funcionários da Coordenadoria de Controle de Vetores, Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde realizarão uma atividade de reforça à campanha preventiva da dengue no Bairro Nossa Senhora de Caacupê, em Porto Murtinho. A ação se desenvolverá da Rua Porto Carrero ao Bairro Dom Pepe, abrangendo 668 casas da região urbana da cidade que apresenta os mais altos índices de infestação do mosquito aedes aegypti. O coordenador do Controle de Vetores, Justino Acosta, e o chefe de Divisão de Saúde, Hugo Dias, enfatizam que somenta a intervenção do poder público não é eficiente. E insistem para que a comunidade fique atenta e faça sua parte, neutralizando todos os ambientes propícios à procriação do transmissor da doença. Além da distribuição de folhetos informativos, as equipes vão conversar com os moradores e intensificar os apelos para que tomem todas as providências eficientes para não abrigar criadouros do mosquito em casa, no quintal e terrenos baldios. Em janeiro passado, segundo as autoridades sanitárias municipais, duas regiões apresentavam os níveis mais elevados: Caacupê, com 2,56% em 857 imóveis, e Salim Cafure, com 1,32% em 604 imóveis. No Jockey Club, em 710 imóveis o índice da presença do aedes aegypti foi de 0,59%; no Centro, 0,76% em 676 imóveis; e na região do Aeroporto, 0,0% em 631 imóveis. Edson Moraes, especial para MS Notícias