25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Presidente da Câmara de Naviraí é investigado por suposto desvio de verba pública

O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil nº 12/2014 para investigar o presidente da Câmara de Vereadores de Naviraí, Cícero dos Santos, o Cicinho do PT. Conforme a denúncia, há suspeita de que Cicinho possa ter adquirido materiais de consumo para Câmara de Vereadores com preços superfaturados. Conforme o promotor de justiça de Naviraí, Paulo da Graça Riquelme de Macedo Junior, o MPE recebeu a denúncia de que no período entre janeiro de 2013 até o presente momento, Cicinho possa ter adquirido materiais de consumo como copos e galões de água a preços superfaturados. O promotor explica que a denúncia foi recebida pelo MPE pelo sistema de denúncias do órgão que funciona de via internet. "No dia 14 de junho foi protocolada uma denúncia no MPE pela internet, e agora estamos investigando", explica. Paulo também adiantou que a promotoria enviou ofício ao vice-presidente da Câmara Moacir Aparecido de Andrade (PTdoB) solicitando as listas de gastos com materiais de consumo do ano de 2013 e do primeiro semestre de 2014, período referente à denúncia. "Como a denúncia é contra o presidente, oficiamos o vice", diz Paulo. Segundo o promotor, o ofício foi entregue no dia 26 de junho e o vice-presidente tem até dia seis de julho para responder. A partir da obtenção das listas, a promotoria dará sequência às investigações Heloísa Lazarini