04 de agosto de 2021
Campo Grande 28º 14º

Professores das redes municipal, estadual e da UFGD cruzam os braços nesta quarta-feira

A- A+

Professores da rede municipal, estadual e da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) vão 'cruzar os braços' nesta quarta-feira (19). A paralisação é parte de uma mobilização nacional em torno da campanha salarial unificada, que envolve o conjunto das categorias dos servidores públicos.

Os professores estarão reunidos nesta quarta às 8h na praça Antônio João, local onde sairão em marcha pelas ruas centrais de Dourados. A paralisação é promovida pelo Sindicato dos Professores da UFGD (Aduf/Dourados) e do Sindicato dos Professores Municipais em Educação (Simted).

A maioria das escolas públicas da cidade aderiu a paralisação e os estudantes não terão aula nesta quarta-feira. No entanto, há instituições, a minoria, que não aderiu ao movimento, como a escolas estaduais Castro Alves e Rotary Doutor Nelson de Araújo, dentre outras.

Ainda nesta quarta-feira, o Simted realizará uma assembleia para a rede municipal, magistério e administrativo, às 14h. Em pauta vão discutir a negociação salarial, relatório da 1ª Rodada de negociação, comissão de estudo do piso de 20 horas e comissão de inserção definitiva do administrativo no PCCR (Plano de Cargos e Carreiras).

Já o sindicato dos professores da UFGD, em nota, divulgou que a paralisação será realizada por diferentes questões, das quais o governo federal tem criado dificuldades e obstáculos ao diálogo e negociações sobre valorização salarial, reestruturação da carreira, melhoria das condições de trabalho e autonomia universitária.

Os sindicalistas ainda questionam que o reajuste salarial imposto pelo governo federal em 2012, em três parcelas de em média 5%, em 2013, 2014 e 2015, nem foi suficiente para a reposição das perdas inflacionárias do triênio anterior.

Dourados Agora