25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Vereador de Dourados faz contrato irregular com empresa

O contrato administrativo entre a Câmara Municipal de Dourados e a empresa FA Vasum – ME, por meio do conselheiro relator Waldir Neves Barbosa e acolhendo o parecer do Ministério Público de Contas teve o procedimento licitatório e formalização do contrato administrativo considerado irregular.

Ficou decidido então pela multa de 20 Uferms ao presidente da Casa de Leis, Idenor Machado (DEM). O presidente terá o prazo de 60 dias para o recolhimento da imposição ao FUNTC/MS e comprovação nos autos sob pena de cobrança executiva.

Tayná Biazus