24 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 21º

Coronavírus

Vítima fatal do coronavírus foi infectada por irmã que esteve na Bélgica

aA aposentada, Eleuzi Silva Nascimento, 64, foi infectada pelo coronavírus (Covid-19) depois de ter entrado em contato com duas irmãs que estiveram recentemente na Bélgica, país localizado na região Oeste do continente europeu. 
 
Conforme Boletim Epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Eleuzi teve contato com “familiar assintomática que viajou para Bélgica”, no caso a irmã, de 59 anos. A outra irmã testou negativo para a doença. 
 
Leonida do Amaral, cunhada da vítima, afirma que ela não chegou a sair do Brasil. Além da cidade em que reside, Eleuzi esteve apenas em Cuiabá (MT) para visitar uma de suas filhas no começo de março. 
 
A primeira vítima fatal com complicações atribuidas ao coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso do Sul voltou de viagem no dia sete de março. Dias depois, as irmãs que estavam na Europa chegam em Batayporã com uma delas já com o vírus, porém sem apresentar sintomas. 
 
Eleuzi regressou a cidade onde morava no início do mês de março apresentando sintomas de gripe e com imunidade baixa. O quadro de saúde piorou drasticamente após contato direto com as irmãs, sendo necessária a internação em hospital de Nova Andradina no dia 16.  
 
Desta forma, a ordem cronológica dos fatos descritos por Leonida indica apesar da vítima ter voltado de Cuiabá com estado de saúde fragilizado, situação que foi agravada após ser infectada nos dias seguintes e internada no dia 16. 
 
Depois da internação, Eleuzi recebeu alta dia 23 de março, mas foi internada novamente no dia seguinte, sendo transferida para um hospital particular de Dourados no dia 26, última quinta-feira. A idosa de 64 anos veio a óbito nesta terça-feira (31).
 
A moradora da cidade de Batayporã era fumante e há pelo menos quatro anos fazia tratamento por causa de problemas respiratórios.