01 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Rock de luto: local de velório de Ernani é informado e família precisa de ajuda para custear despesa

  Com a cena rock de Campo Grande em luto, os familiares e amigos do radialista e produtor musical Ernani de Almeida agora precisam de auxílio financeiro para custear as despesas do funeral. Segundo informações familiares, este é o terceiro falecimento ocorrido na família somente este ano, o que trouxe também problemas financeiros. “Devido ao falecimento da mãe dele e da Cidinha, que era a esposa dele (e morreu no final de agosto) os filhos estão enfrentando dificuldades para quitar as dívidas com a empresa funerária e com isso, precisam de ajuda”, pontuou um dos amigos nas inúmeras postagens deixadas em solidariedade à família nas páginas tanto de Ernani quanto dos filhos. Segundo as informações postadas o velório terá início às 5h na PAX da Avenida Bandeirantes, onde também serão recolhidas doações para custear as despesas do funeral. Quem quiser ajudar também pode entrar em contato com Caio (amigo da família) pelo número 9900-3585. Rock’n’roll de luto Ernani Almeida tinha 60 anos e morreu na tarde de ontem, vítima de infarto. Considerado um dos principais incentivadores do rock’n’roll em Mato Grosso do Sul, abriu o primeiro bar temático do gênero musical na capital, o Chácara Bar e também apresentou o primeiro programa de rádio dedicado exclusivamente ao rock em Campo Grande, na Fm Capital entre 1982 e 1985. Ernani além de ser pioneiro no bar e no rádio, promoveu vários eventos para os adeptos do rock no Horto Florestal, local onde foram lançadas várias bandas sul-mato-grossenses. O filho Ernani Júnior continua seguindo os passos do pai e é baterista do Bando do Velho Jack e Hollywood Cowboys.   Anna Gomes com assessoria