25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

VIOLÊNCIA

Investigador executado em Sete Quedas disse o nome de dois suspeitos

Policial Civil foi emboscado por pistoleiros na noite desta quinta-feira no interior do Estado

Arthur Kemishian, policial civil investigador de 30 anos, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (6), em Sete Quedas, município no interior de Mato Grosso do Sul. O homem, antes de morrer teria dito aos presentes, o nome de dois suspeitos que são procurados pela Polícia Militar do município.  

Conforme a polícia, a vítima estava em seu carro de passeio quando, na noite de ontem, foi emboscado por pistoleiros em um carro. Os suspeitos, executaram o Civil e fugiram na sequência. Até essa manhã ninguém havia sido preso. 

O investigador foi atingido no peito, nas costas, na barriga e em um dos braços e, segundo o Ponta Porã Informa, ele perdeu muito sangue e o estado de saúde dele era crítico.  

Kemishian chegou a ser socorrido com vida e levado ao hospital do município, no entanto, segundo registro, devido à gravidade dos ferimentos ele foi colocado em uma ambulância e levado ao hospital da Vida em Dourados, mas morreu no caminho. 

Policiais fazem rondas em busca dos pistoleiros que fugiram em um carro. O investigador era casado e deixa também duas filhas pequenas.