22 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Ao que tudo indica, Bernal será cassado com 25 votos

O cerco está cada vez mais apertado para o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). A leitura do relatório da Comissão Processante nem chegou à metade ainda e já circula pelos corredores da Câmara Municipal a informação de que Bernal contará apenas com quatro votos dos 29 vereadores que estão presentes na sessão de julgamento.

De acordo com pessoas próximas ao prefeito e vereadores da oposição, alguns membros que pareciam ser companheiros fieis do prefeito mudaram o seu posicionamento. Não se sabe ao certo o motivo, mas ao que tudo indica, o voto de algumas pessoas que Bernal confiava pode surpreender a todos.

Se o prefeito não renunciar antes que seja iniciada a votação dos nove itens que compõem a denúncia da Comissão Processante por irregularidades nos contratos com as empresas Megaserv, Salute e Jagás, ele poderá ser o primeiro prefeito a ser cassado na Capital.

Segundo informações obtidas pelo MS Notícias, alguns vereadores da base chegaram até a ligar para membros da oposição pedindo para participar da reunião realizada ontem na casa da vereadora Carla Stephanini (PMDB).

Diana Christie e Heloísa Lazarini