23 de setembro de 2020
Campo Grande 31º 17º

Azambuja descarta chapa branca com PT e cogita lançar candidatura ao governo do Estado

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) descartou completamente a possibilidade de formar uma chapa branca com o PT (Partido dos Trabalhadores) caso as executivas nacionais de ambos os partidos não autorizem uma aliança formal. "Isso não existe. Se os diretórios não aprovarem não faremos chapa branca e com certeza sairei candidato ao governo do Estado", afirma.Azambuja, no entanto, ponderou que as conversas estão avançadas e que o pré-candidato do PT ao governo do Estado Delcídio do Amaral está fazendo de tudo para haja a aliança. Segundo Azambuja, além de Delcídio, o presidente regional do PT, Paulo Duarte, tem conversado muito com a nacional do parido para desmistificar a impossibilidade da aliança entre petistas e tucanos e convencer a nacional de que mais vale eleger um senador do principal partido de oposição ao governo Dilma do que perder um Estado como Mato Grosso do Sul para o PMDB. "O Delcídio não é pouca coisa, mas o PT tem que fazer uma leitura do que é melhor. Se é melhor se aliar ao PSDB e disputar eleição juntos ou o PT enfrentar  o PSDB com outra candidatura. Se acontecer de não haver aliança, talvez o PT possa sair prejudicado". Azambuja avalia que uma chapa com petistas e tucanos tem mais chance de vitória diante do PMDB. "Embora o Nelsinho esteja enfraquecido, o PMDB tem uma chapa muito forte com a Simone sendo candidata ao Senado", diz Reinaldo. Heloísa Lazarini e Tayná Biazus