13 de agosto de 2020
Campo Grande 34º 21º

Bernal garante que Siufi e Jamal integrarão base aliada a partir de segunda-feira

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), garantiu na tarde de hoje, durante a entrega dos prêmios do IPTU 2013, que os vereadores Paulo Siufi (PMDB) e Jamal Salem (PR) assumiram o compromisso de integrar sua base aliada na Câmara de Vereadores. O chefe do executivo fez a declaração após anunciar que realizará a solenidade de posse dos novos titulares da Emha (Agência Municipal de Habitação) e da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) na segunda-feira, às 10h, indicados respectivamente pelos vereadores Paulo Pedra (PDT), Edson Shiambukuro (PTB) e Paulo Siufi e Jamal Salem.

Segundo ele, assim como a indicação do engenheiro Jean Saliba para a Agetran  e do arquiteto Dirceu Peter para a Emha  conquistou os vereadores Edson Shimabukuro (PTB) e Paulo Pedra (PDT), a indicação de Lillian Maksoud Gonçalves para o IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) levará Siufi e Jamal para a base do prefeito.

Na mesma solenidade, Edson Shimabukuro confirmou que integra a base do prefeito a partir de agora. “Campo Grande tem tudo para criar um novo futuro a partir do ano que vem”, disse.

Bernal  ainda afirmou que muitos vereadores deram sinais claros, ontem, de estarem cansados do embate político entre executivo e legislativo e, segundo prefeito, com a virada do ano haverá aumento da base, talvez, acima das expectativas. “Tudo é possível na politica. Estamos conversando e dialogando. Por isso acredito que no ano que vem muitos vereadores que hoje estão contra mim podem vir a integrar a base”, garantiu.

O prefeito afirmou também que está receoso com comportamento do presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar (PMDB), e que o mesmo deveria tomar mais cuidado com suas declarações. Bernal, que voltou a acusar a Comissão Processante de fraude, reafirmou que enquanto alguns vereadores insistem no processo de cassação, ele está trabalhando para conseguir recursos para Capital. Ele disse que conversou esta semana com o senador Delcídio do Amaral (PT) que está em busca da viabilização de recursos federais para a construção do hospital municipal de Campo Grande e anunciou que pretende voltar a Brasília ainda neste final de ano para conseguir mais investimentos em outras áreas como saúde e infraestrutura. Bernal comunicou que deve ir à capital federal acompanhado do secretário municipal de infraestrutura Semy Ferraz.

Diana Christie e Heloísa Lazarini