29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

“Cada um que pague os seus pecados”, afirma Puccinelli

Diana Christie

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) divulgou esta manhã um artigo com a prestação de contas dos investimentos do Estado nos municípios. O relatório será mensal e sairá sempre no dia 25 de cada mês. “O que eu quero com isso? Que eu pague só pelos meus pecados. Cada um que pague os seus pecados”, afirmou.

Puccinelli reclama que muitas prefeituras recebem recursos do Estado e não creditam às obras ao governo estadual. Segundo ele, a escolha do dia 25 acontece porque o cálculo é baseado na receita corrente-líquida que é fechada até o dia 20 de cada mês.

O governador também voltou a criticar os prefeitos que depuseram na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde da Assembleia Legislativa. “Nessa CPI da Saúde, nenhum prefeito falou que o Estado foi lá capacitar, foi lá pagar, deu aparelho, deu uma série de coisas, nada. Tudo eles fazem sozinho”, reclamou.

Além disso, Puccinelli ressaltou que não só repassou o valor estipulado por lei referente ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços), como também investiu R$ 8 milhões de recursos próprios nas cidades de Mato Grosso do Sul. “Eu não precisava repassar aos municípios na área de saúde e eu passo”, afirma.

O relatório detalha também os salários dos funcionários comissionados no Estado. Durante a agenda pública, o governador brincou que os servidores se voluntariaram graças a um pequeno empurrão dele. “Eu já tirei a camisa, a meia, a calça, tudo. Transparência maior que aquela só se tirar a pele”, concluiu.