27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Chiquinho Telles destaca importância da implantação do Câmbio Verde

A- A+

O vereador Chiquinho Telles (PSD) enumerou os benefícios que o projeto Câmbio Verde, de sua autoria e aprovado em maio de 2012 pela Câmara Municipal, irá trazer à população e ao meio ambiente em Campo Grande. A proposta, que foi sancionada ontem pelo executivo municipal, prevê a troca de materiais recicláveis, como plástico, papéis, papelão, latinha e óleo de cozinha suado, por alimentos hortifruti.

“Esse projeto será muito bom para as pessoas mais simples e para as que vivem da reciclagem, além disso, é uma forma de unir o útil ao agradável, pois beneficia o meio ambiente, catadores, pequenos produtores e a população em geral”, disse o vereador que lembra que uma proposta similar já foi aderida pelo Estado do Paraná. “Esta inovação é um sucesso no Paraná e temos certeza que em Campo Grande não será diferente”, conta.

Entre outras finalidades, o projeto de Chiquinho visa também preservar o meio ambiente, reduzir a poluição, combater a fome e a miséria e promover a economia de matérias-primas e de energia, assim como, conscientizar o cidadão sobre a importância da reciclagem de materiais, incentivar a coleta seletiva de materiais recicláveis e reduzir o volume de resíduos encaminhados ao aterro sanitário municipal.

O vereador que somente no ano passado apresentou 11 projetos na Câmara de Vereadores, entre eles o que prevê a criação das secretarias comunitárias, ressalta também a importância do compromisso público com o Meio Ambiente. “Precisamos entender que o Meio Ambiente é tudo o que está a nossa volta e gestos simples podem fazer grande diferença”, completa.

Pelo programa, quatro quilos de material reciclável ou dois litros de material reciclável, como o óleo de cozinha já usado, por exemplo, podem ser trocados por um quilo de alimento do tipo hortifrúti.

Clayton Neves