15 de junho de 2024
Campo Grande 30ºC

GOVERNO FEDERAL

Com 6 feminicídios só em 2023, MS recebe ministra Cida Gonçalves

Agenda em Campo Grande inclui também visitas técnicas, inauguração do Imol e anúncio da Patrulha Maria da Penha

A- A+

A ministra das Mulheres Cida Gonçalves, está em Mato Grosso do Sul nesta 5ª.feira (30.mar.23), para participar da audiência pública "Violência contra as Mulheres e o Feminícidio em MS: todas e todos no combate à misoginia", que acontece às 14h no Plenário da Assembleia Legislativa (ALEMS). 

O evento foi articulado pelo deputado estadual Pedro Kemp (PT).

Na 6ª.feira (31.mar.23), Cida Gonçalves se reúne com as gestoras dos municípios de MS para discutir articulações políticas de enfrentamento e prevenção à violência contra as mulheres, inaugura a unidade do Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) na Casa da Mulher Brasileira e realiza visita técnica na nova sede do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM). 

Para a deputada federal Camila Jara (PT), única mulher da bancada federal de Mato Grosso do Sul e militante dos direitos das mulheres, a visita da ministra Cida Gonçalves reafirma a seriedade com que o Governo Lula (PT) tem tratado os problemas do país.

“Para solucionar os problemas, é preciso conhecer os problemas, ir até o local, ouvir as pessoas. Junto com os movimentos indígenas, articulamos a visita da ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, que esteve no estado há poucos dias, visitou as regiões de conflito e propôs soluções. Agora receberemos a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, que tem vasta experiência no assunto e com certeza vai somar muito para o enfrentamento desse problema tão latente na sociedade sul-mato-grossense, que é a violência contra as mulheres”, declarou a parlamentar.

Mostramos aqui no MS Notícias quem são cada um dos ministros de Lula. Clique AQUI para conhecê-los.