12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Com recursos próprios, Estado lança Caravana da saúde que irá atender mais de 18 mil pessoas

"É fácil entender o porquê ter a saúde como prioridade. Quando fizemos o Pensando MS, dos 79 municípios que percorremos, 78 colocaram saúde como prioridade. Governar é estabelecer e priorizar prioridades". Foram com essas palavras que o governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) iniciou seu discurso hoje durante lançamento da Caravana da Saúde.

Com início marcado para dia 29 deste mês, em Coxim, a Caravana irá atender 18.800 mil pessoas realizando exames como tomografia, mamografia, ultrassonografia, e ressonância magnética e também cirurgias de média complexidade, como catarata. O objetivo, segundo governador é zerar a fila de espera apara os exames citados e reduzir ao máximo o numero de pessoas que esperam por cirurgias eletivas. 

Ao todo, serão dez ônibus que funcionarão como pequenos consultórios médicos, odontológicos e oftalmológicos e mais 22 veículos novos que serão usados pelos profissionais da saúde e de áreas como assistência social, que ao longo dos próximos meses percorrerão os municípios atendidos pela Caravana da Saúde. O investimento na aquisição dos veículos foi de R$ 527 mil provenientes de recursos do Estado. 

As cidades que receberão, mensalmente, os serviços da caravana são: Ponta Porã, Paranaíba, Nova Andradina, Aquidauana, Campo Grande, Três Lagoas, Dourados, Corumbá, Naviraí, Jardim e Coxim. A cada dia, 270 profissionais estarão realizando consultas, cirurgias para reduzir a fila de espera da população. 

O secretário de Estado de saúde, Nelson Tavares, explica que desde janeiro está sendo realizado nos polos regionais uma triagem de pacientes, portanto no dia em que os ônibus da Caravana estiverem em um municípios, as consultas, em especial, as cirurgias já estarão previamente agendadas para dar agilidade ao processo. 

Para o prefeito de Coxim, Aluizio São José, a Caravana da Saúde é um exemplo da politica de valorização dos municípios aplicada pelo Estado. "O governo está aberto a ouvir os prefeitos e no caso de Coxim todos os serviços da caravana além dos equipamentos que ficarão na cidade servirão para nos ajudar a revolver uma das principais demandas da população. Estamos muito contentes com a postura do governo".

Coxim irá receber equipamentos médicos de exames de tomografia e mamografia que funcionarão no Hospital Regional. A compra dos equipamentos, no valor de R$ 222.951 mil foi feita com parte dos recursos de uma emenda parlamentar do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM). O valor total da emenda destinada por Mandetta à saúde é de R$ 1,4 milhões.

Para a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), lançar a Caravana da Saúde em menos de três meses só foi possível devido ao planejamento e ao trabalho conjunto de toda equipe da administração estadual. "Nós estamos trabalhando como Reinaldo sempre diz, com o plano de governo debaixo do braço. Toda semana, todos os secretários, diretores de fundações se reúnem para discutir estratégias de trabalho e foi por isso que mesmo em um momento de crise, conseguimos dar uma resposta rápida à população."

Foto: Assessoria de comunicação Sistema Famasul

Parceiros

para garantir a realização de um mutirão de atendimento médico volumoso como o da Caravana, afinal são 18.800 pessoas atendidas, o governo do Estado contou com parceiros de diversos segmentos da sociedade, que ajudaram não só a concretizar o projeto, mas também a diminuir custos. O Senar-MS, por exemplo, disponibilizou dois ônibus que estarão presentes nos 11 municípios e serão usados como consultórios médicos. Para o presidente do sistema Famasul, Nilton Pickler, é fundamental que haja uma parceria entre governo do Estado e sociedade ara que os problemas da população sejam resolvidos.

"Por ser uma causa nobre resolvemos fazer parte. Como temos convênio com o Hospital do Câncer, disponibilizamos dois ônibus que irão percorrer as 11 regiões por a Caravana irá atuar. Nós entendemos a importância desta ação que  mostra a credibilidade do atual governo, que fez a sociedade entender que saúde é prioridade,e que é preciso cuidar da saúde em todo Estado em especial no campo, no interior".

Além da Famasul, são parceiras do governo as seguintes entidades:

Associação Brasileira de Odontologia (ABO/MS); Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul); Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul; Cassems; CER/Apae; Datasus; Defesa Civil de Mato Grosso do Sul; Detran/MS; Exército Brasileiro; Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul); Fecomércio;  Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems); Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado (Fundect/MS); Fundação do Trabalho (Funtrab/MS); Hospital do Câncer Alfredo Abrão; Hemosul; Grupo Onça Pintada; Polícia Civil; Polícia Militar; Procon/MS; Sanesul; Secretaria de Educação (SED/MS); Secretaria de Direitos Humanos (Sedhast/MS); Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp/MS); Senac; Senar; Sesc; Sesi; Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Motociata: meio milhão de motos, para meio milhão de mortos
PANDEMIA | PRESIDENTE
há 52 minutos

Motociata: meio milhão de motos, para meio milhão de mortos

Passeio de R$ 1,2 milhão: Bolsonaro ataca isolamento e aglomera no país com meio milhão de mortos
MOTOCIATA | POR QUE ISSO?
há 1 hora

Passeio de R$ 1,2 milhão: Bolsonaro ataca isolamento e aglomera no país com meio milhão de mortos

Vídeo: cliente esfaqueia atendente que não quis passar 0,50 centavos no cartão
NACIONAL | GOIÂNIA (GO)
há 1 hora

Vídeo: cliente esfaqueia atendente que não quis passar 0,50 centavos no cartão

Novela "Pantanal" começa a ser gravada no Rio de Janeiro e só depois virá para 3 cidades de MS
TELEDRAMATURGIA | AQUECIMENTO
há 2 horas

Novela "Pantanal" começa a ser gravada no Rio de Janeiro e só depois virá para 3 cidades de MS

Raça mais inteligente do mundo, cachorro Tobias foge e tutor oferece R$ 1 mil por resgate
PROCURA-SE
há 4 horas

Raça mais inteligente do mundo, cachorro Tobias foge e tutor oferece R$ 1 mil por resgate

Com lockdown adiado na Capital, MS registra mais de 70 mortes por Covid-19 em 24h
CORONAVÍRUS | MS
há 5 horas

Com lockdown adiado na Capital, MS registra mais de 70 mortes por Covid-19 em 24h