05 de agosto de 2021
Campo Grande 28º 15º

Com troca no comando do partido, PP espera resgatar membros desiludidos

A- A+

O PP (Partido Progressista)m sofreu desgaste duplo com a cassação do então prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) que está prestes a deixar o comando do partido. Segundo o vereador, Chocolate, que também faz parte da legenda, a troca do comando pepista servirá não só para resgatar a credibilidade do partido perante à sociedade campo-grandense como também irá proporcionar ao PP o reencontro com seus filiados.

"A entrada do Cézar será importante para e chamar os companheiros do interior do Estado que foram deixados de lado", explica Chocolate. Segundo o vereador, muitos dos membros do partido estão descontentes com a maneira como a sigla tem sido conduzida.

 A troca da direção da Comissão Provisória deve ser concretizada na próxima segunda-feira.  Esta semana Cézar e nosso prefeito Gilmar Olarte vão a Brasília novamente para resolver a questão", explica o vereador. Com a confirmação da saída de Bernal, o quadro político do PP muda completamente e nomes que antes estavam á sombra no partido começam a se destacar ganham novas perspectivas. Como é o caso do vereador Chocolate que anunciou que pode ser pré-candidato a deputado estadual nas eleições deste ano.

"Se o partido pedir eu coloco meu nome à disposição sim", afirma o vereador. Com as mudanças, quem pode sair prejudicado é o vereador Cazuza, que até então era cotado para ser pré-candidato a deputado federal, mas agora com a saída de Bernal, a quem ele sempre defendeu, do partido, pode ver sua candidatura ir por água abaixo. Cazuza foi procurado pela equipe do MS Notícias na sessão de hoje da Câmara para falar sobre o assunto, mas se manteve em silêncio.

Eleições 2014

Assim como o PTB e o PSB, o Partido Progressista também pode se aliar ao pré-candidato petista Delcídio do Amaral. "Vamos conversar sobre coligações apenas em junho, até porque precisamos resolver as questões internas do partido, mas acredito que a maioria do partido apoia a pré-candidatura de Delcídio".

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus