05 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 16º

Delcídio afirma que relatório da CPI da Saúde poderá ser vantagem para sua candidatura ao governo

Foto: Moreira Maris/Agência Senado

O senador Delcídio do Amaral disse que os questionamentos sobre a saúde pública de Campo Grande realizados pela CPI da Saúde na Assembleia Legislativa não acabaram no dia em que foi lido o relatório final do processo. “Esse assunto ainda não acabou, inclusive acredito que terá mais desdobramentos”, afirmou.

O ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), seria indiciado pela CPI através da justiça, por irregularidades na sua gestão em relação às questões da saúde. Isso não ocorreu, pois a maioria dos deputados decidiu pelo não indiciamento.

Alguns acreditam que o ocorrido pode interferir na imagem de Nelson Trad que irá se candidatar ao governo nas eleições 2014.

Questionado se o fato citado acima irá ajudar no fortalecimento do seu nome ao governo, Delcídio disse que essa decisão cabe a população. “Sem sombra de dúvida que esse foi um episódio marcante no cenário político da cidade. Mas quem definirá se isso vai interferir na minha candidatura ou na candidatura de Nelsinho deve ser a população atenta aos fatos. Eleição é algo muito complexo e que leva tempo para ser definida. Agora quem deve apurar melhor essa situação deve ser o Ministério Público”, finalizou.

Alan Diógenes