29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

Edil afirma que decisões da CP serão feitas pela justiça

Tayná Biazus e Alan Diógenes

Na manhã de hoje foi entregue ao prefeito Alcides Bernal (PP) os documentos e notificações referentes à CP (Comissão Processante) aberta na semana passada que irá investigar possíveis irregularidades na atual administração do prefeito.

Haverá diversas inserções até o momento em que o prefeito irá entregar sua defesa. A partir de hoje serão dez dias para a entrega da defesa e poderá haver até dez testemunhas. No momento em que a Câmara Municipal de Vereadores receberem a documentação, ela terá cinco dias para a análise da resposta.

De acordo com o vereador Edil Albuquerque (PMDB), presidente da Processante, caso o prefeito entre com uma ação  para obstruir os trabalhos da Comissão, os vereadores vão arrumar um jeito para continuar os trabalhos. Para Edil, o prefeito não vai chegar a esse ponto e vai responder os questionamentos.

A previsão do vereador é que partir de hoje, as oitivas irão começar em 15 dias. Dependendo as respostas do prefeito, e a partir do momento em que as oitivas começarem é que será decidido quem serão as testemunhas e quais as empresas serão ouvidas.

Edil afirma que agora que foi aberta a CP quem vai analisar e tomar alguma decisão a partir dos documentos entregues será a justiça.

Em relação a questão do prefeito se negar a depor e caso isso aconteça haver intervenção da polícia, o presidente nega. “É especulação da mídia isso. Não estou sabendo de nada disso, e nem tenho essa informação”, afirma Edil.