26 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 24º

Edil defende Nelsinho e afirma que ex-prefeito é nome mais preparado para suceder Puccinelli

O vereador Edil Albuquerque, membro da executiva estadual do PMDB, afirma que Nelsinho é o nome mais preparado do partido para dar continuidade ao governo de André Puccinelli. Ao contrário de muitos integrantes da legenda que relutam em aceitar o nome do ex-prefeito Nelson Trad para disputar o governo do Estado em 2014, Edil confia na capacidade e na experiência de Nelsinho. "Ele sem dúvida tem uma trajetória política que mostra suas qualidades técnicas, seu preparo para assumir o governo do Estado", declarou Edil.

O apoio do vereador é de suma importância para Nelsinho que, neste momento enfrenta o desafio de convencer a base do PMDB de que ele é a melhor opção do partido para disputar o pleito eleitoral com o petista Delcídio do Amaral, que, ao contrário de Trad, possui apoio absoluto do PT e já iniciou negociações com outros partidos para compor a chapa que disputará as eleições em 2014.

Para Edil, ainda é cedo para falar em alianças políticas assim como a vaga do Senado. "Estamos dando um passo de cada vez, a vaga do Senado pode ser do André, da Simone ou de um partido aliado, tudo pode acontecer", explica Edil. O vereador não descarta a possibilidade de Puccinelli se candidatar ao Senado. "Por enquanto o governador fala de aposentadoria, mas não se sabe, nem para nós que estamos mais próximos a ele, Puccinelli não fala sobre 2014", afirma Edil.

Sobre a vice-governadora Simone Tebet, que aspira a vaga ao Senado, Edil tem uma visão estratégica e defende que ao anunciar o nome de Simone como candidata ainda em 2013, o PMDB pode despertar a mobilização de outros partidos a procura de nomes fortes para enfrentá-la. "Isso pode prejudicar o PMDB, por isso é melhor deixar o Senado para 2014."