04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Em 2015, taxa de governismo de Dilma na Câmara é de 67%, pior índice do governo petista

A presidente Dilma Rousseff (PT) tem enfrentado crise política com Legislativo desde final de seu primeiro mandato em 2014, porém, 2015, sem dúvida, pode ser considerado pior ano para presidente e para Partido dos Trabalhadores quando assunto é apoio ao governo.

A taxa de governismo de Dilma fechou ano com percentual de 67%, o pior índice registrado desde início da era petista com eleição de Lula em 2003. O ex-presidente teve apoio de 91% dos deputados federais e mesmo com explosão do mensalão, Lula conseguiu manter maioria na Câmara e encerrou seu governo com 88% de apoio.

Ao contrário de Lula, Dilma já iniciou sua gestão com abaixo da média do ex-presidente, com taxa de governismo de 85%, porém, após deflagração da Operação Lava Jato da Polícia Federal e aos problemas da economia, a petista encerra 2015 com apenas 67% do apoio dos deputados.

Taxa de Governismo

A taxa de governismo é calculada de maneira simples. Basta dividir o número de parlamentares que votaram seguindo orientações do governo em determinada pauta pelo número total de parlamentares presentes em uma votação. O cálculo da média anual é feito por divisão simples da soma dos índices mensais dividido pelo números de sessões.