20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

Gilmar Olarte revela prioridades de sua gestão e sinaliza alterações no secretariado

O novo prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), revelou em coletiva realizada em sua cerimônia de posse, quais são as prioridades de sua gestão e admitiu que alguns secretários devem ser trocados para melhorar a governabilidade e a administração do executivo.

Gilmar afirma que sua primeira providência será se inteirar do que realmente acontece em cada pasta, adiantou que já tem algumas informações preliminares e que já solicitou a todos os secretários que façam um levantamento de todas as atividades realizadas em cada pasta para que ele possa avaliar quais membros do primeiro escalão permanecem e quais deixam a prefeitura.

Ele anunciou ainda que essas mudanças devem acontecer até o final desta semana e que em breve será anunciado o titular da secretaria da juventude, vazia desde a sua criação no começo do ano passado. Gilmar reiterou que pretende conversar com todas as lideranças partidárias porque, segundo ele, é preciso ter “conselheiros político-administrativos”.

Entre as principais falhas apontadas na gestão do prefeito cassado, Alcides Bernal (PP), o novo chefe do executivo municipal garantiu que irá tomar medidas emergenciais para que o Condecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) pare de perder verbas federais por ineficiência. A ação pode incluir a mudança da titular da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio), Dharleng Campos de Oliveira, responsável pelo conselho.

Olarte admite que Campo Grande está há um ano e dois meses sem gerar novos empregos e com a geração de renda estagnada. Para isso, ele deve investir ativamente para atrair novas indústrias e empresas para a Capital, respeitando as leis, prazos legais e o meio ambiente. “Sou pequeno empresário, venho do setor empresarial e sempre tive muita facilidade em conversar com as pessoas desse setor. Quando assumiu junto com Bernal, eu tinha um plano estratégico para trazer micro e pequenas empresas e novas industrias para Capital e pretende colocálo em prática”.

O prefeito destacou que sua faculdade em gestão publica facilitará sua administração e adiantou que já esta conversando com 60 pequenas e médias empresas  que pretende trazer para a Cidade Morena. Ele ainda garante que mais empresas virão provocando aumento na geração de empregos e da renda do cidadão.

Cidade abandonada – Gilmar Olarte anunciou que em sua primeira madrugada com prefeito já tomou a liberdade de conversar com as empresas que realizam a limpeza da cidade para aumentar o efetivo de funcionários. Segundo ele, a população poderá sentir a diferença entre 20 e 30 dias.

O prefeito também garantiu que vai batalhar por recursos federais e estaduais, além de dialogar com o legislativo para que seus projetos sejam aprovados com tranquilidade. Segundo ele, cerca de 90% dos recursos federais perdidos na gestão de Bernal por falta de projetos ainda podem ser recuperados e ele vai trabalhar por isso.

Entre suas prioridades também estão a conclusão dos onze Ceinfs (Centros de Educação Infantil) que estão com as obras paradas, a inauguração de outros três que já estão prontos, e buscar junto ao Ministério dos Transportes e das Cidades recursos para a construção de novas rotatórias, desafogando assim o trânsito da Capital.

No final de seu discurso, Gilmar Olarte convidou a imprensa para acompanha a sua posse do gabinete do prefeito hoje, às 14h, no paço municipal. De acordo com ele, algumas pessoas relataram que a sala foi destruída em atos de vandalismo do ex-prefeito.

Diana Christie e Heloísa Lazarini