24 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 22º

Jerson acredita que PMDB apoiará Dilma em Mato Grosso do Sul

O deputado estadual e presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Jerson Domingos (PMDB) ressaltou na tarde de hoje, que acredita na possibilidade de o PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT) no Estado, mesmo que o pré-candidato ao governo do Estado, Nelson Trad Filho (PMDB) defenda apoio ao pré-candidato à presidência Eduardo Campos (PSB).

Jerson destaca que os membros do PMDB devem caminhar junto com o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) que é a maior liderança do partido no Estado. “Eu acredito sim que o partido irá discutir e vejo uma grande possibilidade do PMDB apoiar a presidente Dilma, levando em consideração que a maior liderança do partido, que é o governador André Puccinelli, que vem declarando apoio a Dilma como forma de retribuir tudo que a presidente fez pelo Estado”, afirma Jerson.

Questionado sobre Nelsinho estar se precipitando ao declarar apoio a Eduardo Campos, o presidente prefere não opinar, mas confessa que dependendo da decisão do partido, “Nelsinho terá que ficar quieto” e aceitar o que for decidido pela maioria, mesmo sendo pré-candidato ao governo.

De acordo com Jerson, o mais viável seria o partido decidir pelo apoio a Dilma em Mato Grosso do Sul, já que PMDB e PT (Partido dos Trabalhadores) estão unidos nacionalmente, com Dilma Rousseff (PT) como presidente do Brasil e Michel Temmer (PMDB), como vice-presidente.

Dany Nascimento