19 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 21º

Lídio Lopes afirma que Campo Grande está abandonada com a gestão de Bernal

Ao contrário do que vem sendo defendido pelos petistas, que acreditam que o prefeito Alcides Bernal (PP) não será cassado e está sendo vítima de uma perseguição política, o deputado estadual Lídio Lopes (PEN) afirma que Campo Grande não merece ter um gestor como Bernal, pois o cenário que era de total desenvolvimento está abandonado.

“Eu acredito que a Capital não merecia ter alguém como Bernal administrando, pois a imagem que tínhamos antes não tem nada a ver com a de agora. Temos uma Capital abandonada e o que o prefeito que está no poder fez? Recapeou a avenida das Bandeiras com verba indevida, porque ele usou uma verba que foi liberada para a operação tapa buracos e não para recapeamento”, explica Lídio.

Segundo o deputado, a Câmara Municipal tem inteligência suficiente para analisar tudo que foi feito, apontar as falhas e cassar o mandato de Bernal. “Os vereadores têm capacidade para apontar as falhas e assim, criaram um relatório dentro da Comissão Processante. Eles tiveram tempo para levantar tudo que vem sendo feito de errado na gestão do prefeito e nada mais justo do que pedir a cassação dele”.

Lídio acredita que Bernal será cassado, pois seria “feio” para os vereadores mudar de ideia. “Ficaria muito feio para os vereadores que votaram a favor da cassação da primeira vez mudar de ideia agora. O Bernal jogou a população contra esses vereadores, afirmando que eles estavam o perseguindo e agora eles estão comprovando por meio de documentos que existem falhas”.

Revoltado com as atitudes do prefeito, o deputado destaca que Bernal tinha recurso e não investiu na Capital. “Ele tinha um total de R$ 2.789 bilhões de orçamento a sua disposição e simplesmente não investiu”, ressalta Lídio.

Dany Nascimento