27 de setembro de 2021
Campo Grande 34º 22º

NESTE SÁBADO (24.JUL)

Manifestações contra Bolsonaro ocorrerão em 405 cidades; 11 cidades em MS e MT

Veja os locais, horários e de onde partirão os manifestantes contra a gestão bolosnarista

A- A+

Neste sábado (24.jul.21), volta a acontecer, a partir das 9h da manhã, manifestação contra a gestão de Jair Bolsonaro (Sem Partido). São 426 atos , que ganhou o nome de "#24J" e contecerá em 405 cidades no Brasil e em outros 14 países.

  • MS – Aquidauana – Praça dos Estudantes | 9h
  • MS – Campo Grande – Praça do Rádio | 9h
  • MS – Corumbá – Praça Central | 9h
  • MS – Jardim – Praça do Encontro (Calçadão) | 9h30
  • MS – Ponta Porã – Minhocão (Antiga Praça Lício Borralho) | 8h
  • MS – Nova Andradina – Praça do Museu | 9h
  • MT – Barra do Garça – Praça Sebastião Jr. | 8h30
  • MT – Cuiabá- Carreata concentração na UFMT | 9h
  • MT – Cuiabá – ato na Praça Alencastro | 15h
  • MT – Juína – Praça da Bíblia | 17h30
  • MT – Rondonópolis – Parque Universitário em frente ao Senai | 15h
  • MT – Tangará da Serra – Rotatória do Cristo Redentor | 8h

Os atos de amanhã são organizados pela Campanha Nacional Fora Bolsonaro, composta pelas frentes Povo sem Medo e Brasil Popular, partidos políticos, centrais sindicais e organizações da sociedade civil. As mobilizações tiveram início em maio, e desde então vêm crescendo. O #24J marcará o quarto protesto nacional contra Bolsonaro.

De acordo com o MTST e a Frente Povo Sem Medo, as manifestações são “um grito pela democracia” em meio às ameaças golpistas do presidente, recentemente também reproduzidas pelo seu ministro da Defesa, Braga Netto. Em comunicado, os movimentos explicam que o ato “denuncia os descasos do governo Bolsonaro nesse período de crise sanitária, econômica e social, bem como as graves denúncias de corrupção associadas à compra de vacina, exigindo o Fora Bolsonaro, a cobrança de ampliação urgente da vacinação para todos os brasileiras e a liberação de um auxílio emergencial digno”.