24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Política

Maracaju completa 97 anos e segue rumo ao desenvolvimento com Cidade Empreendedora

A- A+

Maracaju completa 97 anos e segue rumo ao desenvolvimento com Cidade Empreendedora

Com ações para transformar a economia, segundo ciclo do programa passou a ser executado no município este ano

Maracaju comemora mais um aniversário nesta sexta-feira (11), quando completa 97 anos de história. Conhecida como a terra da linguiça, a cidade está localizada a 160 quilômetros da capital sul-mato-grossense e, de acordo com a projeção feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano passado o município atingiu a marca de 48 mil habitantes. 

Forte na área no agronegócio e no comércio, o município é destaque no âmbito econômico de Mato Grosso do Sul. No ranking estadual, Maracaju aparece em 6º lugar com R$ 2,9 bilhões em volume de Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com dados levantados em 2018 pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro). A maior contribuição para a geração de riquezas do município foi da área de Comércio e Serviços com 50%, em seguida aparece a Agropecuária com quase 39% e a Indústria com 10%.

Para impulsionar, ainda mais, o crescimento de Maracaju, neste ano, a Prefeitura Municipal aderiu pela segunda vez ao programa Cidade Empreendedora, oferecido pelo Sebrae. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e titular Semagro, Jaime Verruck, a parceria vem para somar com o trabalho feito pela gestão do município.

"Parabenizo Maracaju pela história que construiu nesses 97 anos. A cidade tem uma das economias mais fortes de Mato Grosso do Sul, se destaca no ranking estadual em volume do PIB e, com as ações trazidas pelo Cidade Empreendedora, vamos ajudar o município a se desenvolver ainda mais, principalmente, no âmbito do Agronegócio e na área de Comércio e Serviços que hoje são as principais vertentes econômicas de Maracaju. Estamos trabalhando junto à Prefeitura para promover o fortalecimento das micro e pequenas empresas e dos pequenos produtores, ajudando a criar um ambiente de negócios ainda mais favorável no município", ressaltou Jaime.

Segundo ciclo do Cidade Empreendedora em Maracaju

Com a proposta de transformar a economia e promover o desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos pequenos negócios, o programa é executado, pela segunda vez, no município desde o início de março, quando houve uma solenidade de assinatura de contrato e começou a ser feita a ação "Sebrae na sua Empresa". Agentes da instituição visitam os pequenos negócios para identificar qual é a necessidade dos empresários e propor soluções, no total, 1.500 empreendedores já foram atendidos.

O "Sebrae na sua empresa" é uma das ações que integram a linha de atuação do programa direcionada ao atendimento do pequeno empresário. Em Maracaju, esse público corresponde a 86% da densidade empresarial e ao fortalecê-lo é possível promover a geração de emprego e renda no município. Junto com o trabalho desenvolvido na área urbana, o produtor rural também recebe o apoio do Sebrae/MS para que possa melhorar a produtividade e as vendas. Além desse suporte direto ao empreendedor, seja no campo ou na cidade, outra vertente do programa atua no âmbito das políticas públicas com o objetivo de desburocratizar processos e melhorar o ambiente de negócios.

O eixo de Compras Públicas está ligado a este tipo de atuação e os trabalhos já começaram em Maracaju. Foram apresentadas estratégias que podem ser adotadas pela prefeitura para fomentar o desenvolvimento da cidade, a partir das compras feitas pelo próprio município, seja no âmbito urbano ou rural. Uma delas é fazer com que os pequenos negócios locais sejam priorizados nos editais de licitação. Além disso, os funcionários são capacitados para tornar o processo licitatório mais célere e eficiente e são desenvolvidas ações para despertar no empreendedor o interesse em participar dos pregões.

Outra iniciativa do programa é promover o comprometimento das lideranças locais com o desenvolvimento do município. Em maio, foi realizada em Maracaju, a Oficina de Planejamento Participativo (OPP) quando representantes da prefeitura e interlocutores de vários setores econômicos puderam estabelecer quais melhorias seriam necessárias para o crescimento da cidade e elencar ações. O diálogo resultou em um relatório que vai dar origem ao Plano de Desenvolvimento Econômico (PDE) de Maracaju e nortear as ações do Cidade Empreendedora no município.

Além de formar lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora, o programa também atua para desburocratizar os processos de abertura e alterações de empresas; promover uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; fazer melhorias na Sala do Empreendedor e estimular o desenvolvimento empresarial.

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do telefone 0800 570 0800.

(Fonte: Sebrae)