04 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Justiça nega mais uma liminar para derrubar Processante e Bernal afirma que não vai desistir

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) afirmou nesta manhã não estar preocupado pela justiça ter negado mais uma vez liminar apresentada por ele para derrubar a Comissão Processante que investiga possíveis irregularidades em contratos emergenciais firmados com empresas que prestaram serviços em Campo Grande.

De acordo com o prefeito a decisão foi um recurso interlocutório e ainda cabe outro recurso que será apresentado nos próximos dias pela prefeitura. “Esse foi um recurso interlocutório e não tem fundamento até por que quem não vê que essa Comissão Processante é uma fraude. Eles nunca nem analisaram documentos, e estão trabalhando não com um julgamento e sim com uma execução de cassar meu mandato. Essa é uma situação gravíssima”, destacou.

Segundo o prefeito, existem 20 vereadores na Câmara Municipal que são contra sua gestão e apóiam a Processante com o objetivo de ganhar mais apoio dos demais parlamentares que são de sua base. “Esses vereadores decidiram caçar meu mandato desde o momento que eu assumi a prefeitura. Não sei o que é que os convence tão rápido a ficarem contra mim”, comentou.

Questionado se esse “jogo de liminares” não prejudica os trabalhos da cidade, Alcides Bernal disse que essa é a única maneira para resolver a situação. “Não é um problema, muito pelo contrário, a única esperança para resolver essa situação é no judiciário. Acredito que não vai existir outro com meu cunho para enfrentar essa situação”, finalizou.

Alan Diógenes