16 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 22º

Rose Modesto pode ser indicada para senado caso Azambuja saia para governo

A aliança entre PT e PSDB está cada vez mais distante, isso devido a resistência nacional de ambos os partidos que não aceita a união do pré-candidato a governo do Estado, Delcídio do Amaral(PT) e do pré-candidato ao senado, Reinaldo Azambuja (PSDB). Sem essa união, o nome cotado para assumir a vaga de Azambuja ao senado é da vereadora tucana, Rose Modesto.

Mesmo que Delcídio e Azambuja afirmem o contrário, que as conversas sobre a aliança entre os partidos está cada vez mais avançada, tudo indica que Azambuja será o terceiro pré-candidato a tentar a liderança do executivo estadual.

Fontes próximas ao PSDB afirmaram que essa aliança entre os petistas e tucanos não irá acontecer e então, a vaga ao senado, no lugar de Azambuja será ocupada por Rose. Ainda de acordo com pessoas próximas a sigla, o atual pré-candidato ao senado já está iniciando as conversas dentro do partido, para que o nome da vereadora seja aceito.

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, em entrevista ao programa Boca do Povo, da Rádio Difusora Pantanal, na última quarta-feira, manifestou sua crítica entre a aliança entre PT e PSDB e afirmou que ainda não decidiu sobre essa aliança a nível de Estado. Já o ex-presidente Lula, de acordo com informações do vereador Zeca do PT, também afirmou não ter sentido a aliança entre as siglas e que não há sentido em trabalhar ao lado dos tucanos.

 Tayná Biazus