28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

INFRAESTRUTURA

Novo pacote de obras levará asfalto ao Rita Vieira e Oliveira e área de lazer ao Noroeste

Executivo quer contratar empréstimo de R$ 45 milhões junto à Caixa Econômica Federal

A Prefeitura de Campo Grande encaminhou à Câmara um projeto que autoriza o Executivo a contratar um empréstimo de R$ 45 milhões junto à Caixa Econômica Federal, na linha de Financiamento a Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

Com os recursos, além de levar drenagem, asfalto e recapeamento aos bairros Rita Vieira e Parque Dallas, será pavimentado o Residencial Oliveira (1 e parte do 3) e recapeada e prolongada a Rua Nicomedes Rezende até a Avenida Interlagos. Essa via será uma alternativa de tráfego para desafogar o trânsito na Avenida Três  Barras.

Também está programada a revitalização do antigo aterro de entulhos da construção civil no Jardim Noroeste.  O local, uma área de 16 hectares, será transformado num espaço de lazer multiuso, com pista de caminhada, campo de futebol e quadra poliesportiva.

O Residencial Oliveira já teve algumas ruas pavimentadas quando foram feitas as obras do PAC Lagoa, que incluíram abertura da Avenida Lúdio Coelho, ligação entre a Avenida Duque de Caxias e o Macroanel, saída para Sidrolândia e São Paulo. Em função da topografia de parte do bairro, junto com a água da enxurrada, vem sedimentos e pedras que acabam desembocando numa das pistas da Lúdio Coelho. A enxurrada deixa intransitável o trecho mais íngreme das ruas.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, este novo financiamento do Finisa foi viabilizado junto à Caixa Econômica, após a negociação do empréstimo de R$ 30 milhões no BNDES ter esbarrado em questões burocráticas quando já estava na fase de assinatura do contrato.  O  recurso estava destinado a execução de aproximadamente 20 quilômetros de pavimentação e 2 quilômetros de recapeamento nos bairros Rita Vieira e Parque Dallas.

“Como as condições de pagamento e os encargos financeiros da Caixa são similares as do BNDES, optou-se por uma nova operação do Finisa ampliada para contemplar mais obras”, explica Fiorese.  A expectativa, depois do projeto autorizativo ser aprovado pela Câmara e sancionado pelo prefeito, é de que em janeiro do próximo ano seja assinado o contrato de financiamento. Como o projeto do Rita Vieira /Parque Dallas já estão prontos e os demais estão em elaboração, a expectativa é licitar todas as obras ainda no primeiro trimestre de 2020. (Texto da assessoria).