11 de agosto de 2020
Campo Grande 33º 20º

Oposição está confiante em abertura da Processante

Diana Christie e Heloísa Lazarini

O vereador Wanderley Cabeludo (PMDB) garantiu que a Comissão Processante para investigar irregularidades na administração do prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) será aprovada.

O parlamentar conta que esteve conversando com  Jamal (PR) e outros vereadores que estavam indecisos e se diz confiante que serão 21 votos a favor da abertura. Para que a processante seja instaurada é necessário que no mínimo 20 vereadores votem a favor. Os vereadores da base dizem ter de 12 a 15 votos contra a Processante.

A segurança na Câmara foi reforçada para garantir que a votação ocorra de forma pacífica e que os parlamentares fiquem em segurança. Com um efetivo de 31 policiais militares e 11 guardas municipais fazendo rigorosas revistas na entrada, apenas 360 pessoas puderam entrar no plenário. Hastes de madeira foram retiradas de algumas faixas para evitar que sejam usadas como armas.

Foi instalado um telão do lado de fora da casa de leis para que as pessoas que não puderam entrar possam acompanham a votação. O acesso usado por jornalistas para acessar aos gabinetes dos vereadores também foi bloqueado.

A comissão processante devia ter sido votada na terça-feira passada, mas teve sua data adiada porque cerca de 700 manifestantes ocuparam o plenário atrapalhando o prosseguimento da sessão.