24 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 22º

Para Azambuja expulsão de Chadid e Leila só comprovam que PSDB está cada vez mais distante de Bernal

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) ressaltou na manhã de hoje durante o evento de abertura da Showtec em Maracaju – distante 162 de km de Campo Grande- que a expulsão dos atuais secretários municipais de educação, José Chadidd e de esportes, Leila Machado do PSDB só comprovam que o partido está cada vez mais distanciado da gestão do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

“A expulsão do Chadid e da Leila do PSDB deixa claro que o partido nunca fez parte do governo do Bernal. Vejo com muita dificuldade o PSDB fazer parte da administração do prefeito, até porque não houve na minha opinião nenhum avanço na Capital durante o primeiro ano de gestão dele, pelo contrário, Campo Grande teve perda de grandes investimentos”, pontua.

Leila e Chadid, atuais secretários de Bernal foram expulsos por infidelidade partidária do PSDB após aceitarem assumir suas secretarias sem comunicar previamente a diretoria do partido, que desde o início do governo de Alcides Bernal não integra a base aliada ao prefeito.

Embora não se mostre satisfeito com a atual administração municipal, Azambuja faz um discurso positivista e diferente de algumas lideranças do PMDB e de opositores à Bernal que pregam a ideia de quanto pior melhor. “Embora o Bernal não tenha foco para trabalhar, mesmo sendo preciso, espero que as coisas melhorem para Campo Grande, pois, não sou adepto do quanto pior melhor”, completa.

Clayton Neves e Tayná Biazus, enviada especial para Showtec- Maracaju