29 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

Para Edil, estratégia da defesa de Bernal é a acusação

Para o vereador Edil Albuquerque (PMDB), as acusações proferidas pela vereadora Luiza Ribeiro (PPS) na rede social Facebook de que o relatório final da comissão processante seria parte de um “golpe político” contra o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), liderado pelo partido de oposição PMDB são parte da estratégia de defesa da atual administração.

“Infelizmente não concordo com essa posição. Não concordo com o seu pensamento. Uma característica própria dessa defesa é acusar”, declarou. Segundo o vereador, a base de sustentação do prefeito está mais preocupada em desqualificar o trabalho da comissão processante do que apresentar defesas coerentes.

A vereadora fez estes comentários enquanto os membros da comissão processante entregavam o relatório final pedindo pela cassação de Bernal à mesa diretora da Câmara Municipal na tarde de hoje. Participam da leitura do relatório, além dos membros da comissão, os vereadores Carla Stephanini (PMDB), Paulo Siufi (PMDB), Coringa (PSD), Chiquinho Telles (PSD) e Chocolate (PP).

Diana Christie