25 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 21º

Pedro Chaves aposta em Aécio Neves para ganhar apoio de Azambuja

O secretário municipal de governo e de relações institucionais, Pedro Chaves, vai apostar em conversas com o diretório nacional do PSDB para conseguir que o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) participe do conselho político formado para auxiliar a administração do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

“O Azambuja é da base, estamos nos aproximando e ele vai fazer parte. A missão do conselho é essa: aproximar todas as pessoas que possam somar. O objetivo é buscar o apoio de vários partidos. Eu estou conversando em nível nacional. É importante que o presidente nacional esteja alinhado”, declarou.

Pedro Chaves também argumentou que a participação do PP nacional na base de sustentação do governo Dilma Rousseff (PT) não atrapalhará a negociação em Campo Grande. “PSDB nacional liberou Mato Grosso do Sul para fazer as alianças que acham convenientes. O Azambuja é nível nacional, mas ele é deliberado para fazer a política regional. Ele pode ter uma postura na política nacional e fazer diferente aqui no Estado”, argumentou.

Segundo ele, o conselho será apresentado na semana que vem. “Está bem esquematizado. Vai ser muito bom. Na gestão moderna ninguém administra sozinho. Toda administração deve ser compartilhada. Eu fazia isso na Uniderp, compartilhava as diretrizes, fazia alavancar a universidade”, afirma. Além de Azambuja, os nomes de Athayde Nery (PPS) e João Leite Schimidt (PDT) também são cogitados para compor o conselho.

Diana Christie