23 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 20º

LIVES | PARLAMENTARES

Ronilço e Dr. Sandro tratam Covid-19 e Riverton fala com Teresa Cristina

Ações de enfrentamento à pandemia e a importância da Agricultura Familiar são assuntos abordados hoje (26) e sábado (27)

A- A+

Como uma forma de aproximar a população das ações da Câmara, que segue com atividades suspensas, os vereadores Ronilço Guerreiro e Professor Riverton trazem as lives "Canal Aberto" e "Bate Papo com Gigantes", em que convidam, respectivamente, o vereador Dr. Sandro Benites hoje (26.mar.2021) e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina amanhã (27.mar.2021), para tratarem de ações de enfrentamento à Covid-19 e a importância da Agricultura Familiar. 

Na transmissão desta 6ª feira (26.mar), que acontece às 19h, pela página de Ronilço Guerreiro no Facebook, o parlamentar convida o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Campo Grande, major do Exército Brasileiro e médico, Dr. Sandro Benites, para tratar do que é viável e correto no combate à pandemia na Capital. 

“Neste momento é importante ter conhecimento das informações corretas sobre o que está acontecendo em Campo Grande e quais ações eficazes de enfrentamento estão sendo tomadas. O Dr. Sandro tem acompanhado de perto, é médico da linha de frente e tem muito para nos ensinar sobre esse tema”, comenta Ronilço Guerreiro. 

Capacitado para o debate, Dr. Sandro traz um extenso currículo, médico pediatra, nutrólogo e toxicologista, tendo atuado no Hospital Regional; como médico da Prefeitura Municipal de Campo Grande; médico concursado do Tribunal de Justiça e assessor técnico da Secretaria Estadual de Saúde.

Com os vereadores não atendendo presencialmente, os parlamentares têm feito suas cobranças junto aos poderes e atuado fora dos gabinetes com visitas aos terminais, ao Centro de Vacinação e no que mais compete suas ações, em prol da comunidade. Cobranças quanto à frota de ônibus tem aparecido frequentemente, por parte dos usuários do transporte público, e vários integrantes da Casa de Leis têm atuado visando essa causa. 

Ainda ontem (25.mar.2021), a Câmara encaminhou um ofício à Agência Municipal de Transporte e Trânsito, cobrando um aumento da frota que circula pela Capital, principalmente nos horários de pico, por conta do aumento dos casos de coronavírus na cidade.

"Nem todos podem parar de trabalhar e ficar em isolamento, e por isso o transporte público está muito cheio, muito aglomerado. O consórcio não pode pensar em lucro neste momento, e sim nas vidas. Temos que dar as melhores condições para quem precisa trabalhar. Essa é uma fala de todos os vereadores", disse o presidente da Casa de Leis, Carlos Augusto Borges, o Carlão. 

AGRICULTURA FAMILIAR

Amanhã (27.mar), Professor Riverton conversa com a ministra Tereza Cristina, no Bate-Papo com Gigantes, às 18h, também pelo Facebook, visando evidenciar a importância do consumo da Agricultura Familiar para o fomento de um ponto frequentemente lembrado no enfrentamento da Covid-19, a economia. 

Em nosso Estado, a agricultura familiar encontra suporte na Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul (Agraer) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de Campo Grande (Sedesc). Governo do Estado e Prefeitura Municipal tem apoiado famílias com pequenas propriedades de terra, através do projeto Hortas Urbanas, com o fornecimento de insumos, como adubo, matéria orgânica e material para construção; suporte para manutenção, com mudas e sementes de hortaliças; além de um acompanhamento técnico periódico.

Riverton considera positivo o projeto, que vê como um grande incentivo aos pequenos produtores. "Infelizmente esta pandemia impactou a todos os setores, sem distinção. Pensando exatamente em soluções eficientes para fomentar a agricultura familiar, propus esta Live à nossa ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina. Além de gerir o ministério com empenho e eficiência, ela é sul-mato-grossense e creio em projetos e parcerias eficazes para nosso Estado e nossa Capital".  

Ele ressalta ainda seu interesse em fortalecer esse setor, através de políticas públicas e ações alinhadas com as entidades representativas do agronegócio. "O objetivo agora é alinhar todas as pontas para que o agricultor, comércio e população sejam beneficiados", diz o parlamentar. 

Lançado em outubro de 2019, o projeto que pretendia alcançar até 200 famílias foi desacelerado por conta da pandemia. Por meio da Sedesc cerca de 80 hortas urbanas já recebiam atendimento e, até o terceiro trimestre de 2020, outras 34 foram implantadas, segundo a Agraer.  

"Creio que a alternativa não seja deixar enfraquecer o consumo dos grandes mercados, que empregam muitos trabalhadores e tem grande papel sócio-econômico. O momento é de pensar alternativas para que todos tenham equilíbrio, espaço e recuperação", afirma o vereador.

Professor Riverton destaca também que, os agricultores familiares são  responsáveis por pelo menos 67% dos empregos gerados no campo em todo o País, segundo o último Censo, de 2017.

"Algumas culturas, como a mandioca, tem 80% de sua produção feita por estes trabalhadores. É um setor forte. Minha meta é,  regionalmente, alinhar o produtor, o comércio e o consumidor. Já existem ações como o projeto Hortas Urbanas, a urgência agora é o fortalecimento de iniciativas como esta e demais  políticas públicas para abranger a todos", finaliza o parlamentar.