25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 22º

ESPORTES

Saiba quem foi o professor Ervê, que dá nome a Pista Internacional de Atletismo em MS

A pista, que será inaugurada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), nessa sexta-feira (7)

A Prefeitura de Campo Grande, inaugura na próxima sexta-feira (07), a partir das 9h30, no Parque Ayrton Senna, a Pista Internacional de Atletismo de Campo Grande, que leva o nome do Professor Ervê Demétrio Calhão Silva, que um dos fundadores da Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul e faleceu em 2008 com o sonho era de que MS tivesse uma pista oficial de atletismo.

Nascido em Cuiabá, em 1956 e falecido em Campo Grande em 10 de outubro de 2008. Ervê fou um grande atleta, campeão de lançamento de Dardo, técnico da Mace. Trabalhou não só em Campo Grande, mas em vários municípios de MS, até 2006 figurou como um dos poucos brasileiros graduados em atletismo.

A pista, que será inaugurada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) tem 8 raias de emborrachamento e cabe dentro do que era desejado pelo homenageado, a possibilidade de receber competições nacionais e internacionais.

O novo local será inaugurado em um Festival de Atletismo no dia 7 do próximo mês, com atletas campo-grandenses. Na data, também será apresentado o calendário esportivo 2020, inauguração da Academia ao Ar Livre para Pessoas com Deficiência, além da assinatura de convênios de novos eventos, como a Liga das Nações.

Com a presença do secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério da Cidadania, Emanuel Rego, a Prefeitura vai apresentar o calendário com mais de 50 ações, entre eventos, projetos e entregas de equipamentos esportivos revitalizados. Como destaques, tem a reinauguração do Guanandizão, com memorial que resgata histórias dos jogos e personagens da época, além de jornais, fotos e itens como camisetas.

No calendário, a Prefeitura confirma a Copa Campo Grande de Futebol Amador, os Jogos Indígenas, Jogos dos Idosos, Corrida do Facho, Jogos do Servidor, Jogos Radicais Urbanos, Jogos Escolares, Jogos Paralímpicos e a 2ª Edição dos Jogos Universitários Inter Atléticas.

Além disso, novos parceiros se juntam às atividades esportivas como a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que junto com a administração, fará o Lançamento do Projeto Observatório de Atividades Físicas e Esportivas do Projeto Movimenta CG, assim como a SESDES com a Assinatura do Termo de Cooperação para implantação do Projeto Parque Seguro, entre outros como a Campeonato Internacional de Tênis de Mesa, Lançamento do Edital de Licitação do Projeto Executivo da Piscina Olímpica de Campo Grande – Parque Ayrton Senna, Assinatura do Termo de Cooperação para realização do XI Campeonato Brasileiro de Escalada em Árvores e do II Campeonato Latino Americano de Escalada em Árvores; Campeonato Centro-Oeste e Sul Americano de Jiu-Jitsu e a Assinatura da Minuta que oficializa a Liga das Nações de Voleibol Masculino 2020 no Ginásio Guanandizão.

Além de eventos esportivos e de lazer, 2020 também será o ano de entregas de importantes obras para os campo-grandenses como a revitalização dos parques Sóter, Ayrton Senna, Jacques da Luz; e esses dois últimos com a reativação dos parques aquáticos, além do Ginásio Guanandizão.

No segundo semestre serão iniciadas as obras na Praça Elias Gadia e no Centro Olímpico da Vila Nasser, além de outros espaços que estão previstos no pacote de infraestrutura esportiva, que soma mais de 30 mil reais, melhorando as sete regiões da cidade.

Na lista de empreendimentos previstos a prefeitura não observa nenhuma obra para a cultura, o caso do teatro, música e dança, que não observam desenvolvimento de projetos em prol da classe. A prefeitura teve destaque nas mídias essa semana após notícia de que duas empresas concorrem a finalização das obras do Centro de Belas Artes. O MS Notícias tentou falar com a administração para saber se há alguma outra obra cultural prevista para 2020, mas até o fechamento desta reportagem as perguntas feitas por e-mail não foram respondidas.