14 de maio de 2021
Campo Grande 26º 17º

Chaves desmente saída da secretaria de governo e garante que está firme com Bernal

A- A+

O secretário municipal de governo e relações institucionais, Pedro Chaves, negou que irá abandonar o prefeito de Campo Grande (PP). Segundo Chaves, tais informações não passam de boatos. Ele garantiu que só deixará o papel de articulador do chefe do executivo municipal, caso o senador Delcídio do Amaral (PT) se licencie do cargo no Senado para disputar as eleições ao governo do Estado. “Estou bem firme. Só se o Delcídio se afastar do Senado. Minha prioridade absoluta está com o Bernal”, declarou.

Na última semana, surgiram informações apontando que o secretário deixaria o cargo precocemente devido à dificuldade de negociar com o prefeito e a falta de autonomia imposta por Bernal. Segundo Pedro Chaves, tais informações não procedem. "Bernal está muito positivo, não tenho tido problemas em dialogar co ele", afirma.

Pedro Chaves é suplente do senador Delcídio do Amaral, que pode se licenciar do cargo para concorrer ao governo do Estado este ano.  Chaves assumiu o posto no início de novembro de 2013 para tentar resolver os conflitos entre o legislativo e o executivo e aumentar a base aliada do prefeito na Câmara Municipal.

Diana Christie