30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Thaís Helena aconselhou Bernal a recorrer até a última instância

A secretária municipal de assistência social Thaís Helena afirmou nesta tarde que aconselhou o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a recorrer de todas as formas possíveis ao processo de cassação que será votado amanhã em sessão extraordinária de julgamento convocada pela Câmara Municipal.

“Falo por mim como vereadora licenciada que respondo a um processo de cassação sem provas. Eu vou até a última instância defender o meu mandato e o prefeito tem que fazer a mesma coisa. Eu sugeri isso pra ele. É preciso mostrar que é uma cassação politica, sem ilegalidade comprovada”, declarou.

Thaís Helena garantiu que vai acompanhar a votação dos vereadores amanhã e questiona a imparcialidade dos membros da comissão processante, já que o PMDB do vereador Edil Albuquerque determinou pela cassação de Bernal e o vereador Flávio César (PT do B) finalizou o relatório na mesma madrugada em que recebeu a defesa do prefeito.

“Não precisava dessa truculência, fazer relatório de madrugada e marcar extraordinária para o dia 26 de dezembro. Tudo teria que tramitar na maior tranquilidade, na maior transparência e na maior legalidade possível. O vereador Flávio César deve ter feito curso de leitura dinâmica, um relatório como aquele, impresso, com capa e tudo, já de manhã é um absurdo”, disse indignada.

Apesar do clima tenso, Thaís conta que a reunião realizada pelo prefeito na manhã de hoje na Esplanada dos Ministérios serviu também para fazer um balanço geral do ano de 2013, começar o planejamento do ano que vem e proporcionou um momento de confraternização entre os secretários.

Além da secretária de assistência social, participaram da reunião o secretário de educação, José Chadid, o ouvidor do município, Ulisses Duarte, a presidente da Agência Municipal de Regulação, Ritva Vieira, a secretária de desenvolvimento econômico, Dharleng de Oliveira, além de assessores e demais membros da gestão Bernal.

Diana Christie