10 de agosto de 2020
Campo Grande 32º 19º

União nacional entre PROS e PP não garante apoio de deputados a Bernal

A aliança entre PROS e PP na Câmara dos Deputados na base de sustentação da presidente Dilma Rousseff (PT) não garante ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), o apoio dos deputados do PROS, Osvane Ramos e Lauro Davi.

“Aqui no estado de Mato Grosso do Sul, nós não temos nenhuma conversa nesse sentido, até porque não temos nenhum vereador do PROS. E também porque temos uma visão independente da administração que aí está”, afirma Osvane.

Segundo os deputados, o prefeito precisa sinalizar interesse na parceria e isso ainda não aconteceu. “Acho que ele não está precisando porque ainda não nos procurou”, declarou Lauro Davi. Osvane até comparou a ideia com uma paquera. “Não fomos chamados para nenhuma conversa. Ele nunca acenou em nenhum momento. Como vai dar esperança para alguém que não mostra nenhum gesto. Não tem nem flerte”, brincou.

Osvane aproveitou ainda para dar um conselho ao prefeito. “Eu gostaria que o Bernal tivesse o mesmo entusiasmo que teve durante a eleição para administrar a Capital. O mesmo empenho que teve durante a campanha. Tem que ter garra, determinação. Parar de olhar no retrovisor. Construir o próprio projeto. Fazer com que a população se orgulhe do seu serviço”, defendeu.