23 de outubro de 2021
Campo Grande 30º 20º

15 projetos

'Vão votar os vetos e não serão reféns de ninguém' diz João Rocha

A- A+

O clima de harmonia entre Executivo e Legislativo aparente no primeiro dia de sesso do ano legislativo parece que ficou s na receptividade ao prefeito Alcides Bernal (PP), vereadores reclamam do no comprometimento com os projetos e segundo o presidente da Cmara Joo Rocha (PSDB), os vereadores vo votar os vetos e no sero refns de ningum.

Para maro esto na pauta 15 projetos que foram vetados por Bernal e devem passar por votao de derrubada de veto. De acordo com Joo Rocha o legislativo vai fazer o que tem que ser feito, os projetos so para o povo, o prefeito pode recorrer, mas a Cmara no vai agir sob presso.

Ns vamos seguir o parecer da nossa procuradoria, e vamos fazer o que tem que ser feito se ns derrubarmos os vetos e o prefeito entender que deva entrar com uma Ao Direta de Inconstitucionalidade, fazer o que, a Cmara no vai agir nenhum momento sob presso e nem vai ficar refm de ningum. Ns temos a responsabilidade de representar a sociedade.

Os vereadores na sua maioria criticam os vetos por se tratarem de projetos que beneficiam diretamente a populao, como por exemplo, o projeto que prev a iseno do IPTU para pessoas com cncer e que moram em loteamentos sociais, ou at mesmo o projeto que imveis com valor elevado de gua possam armazenar gua da chuva.

O vereador Otvio Trad (PTdo B) disse que o prefeito no tem harmonia com a Cmara e que seu pensamento seja de atrapalhar o trabalho do legislativo. Ele [Bernal] no tem harmonia com a Cmara e com os vereadores, o pensamento dele ofuscar o trabalho do legislativo, porque esse projetos so o povo, ele no quer colaborar com os nossos trabalhos.

Ayrton Saraiva disse que os vetos sero analisados e a inteno derrubar todos. Ns vamos analisar todos, esto na procuradoria, os vetos que prejudicam a populao ns vamos derrubar todos, com o Bernal no tem dilogo, um governo do eu s, eu fao, eu escondo, eu coloco debaixo do tapete, no um governo srio, por isso ningum que nem ser lder desse governo.