21 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 21º

Vereador aconselha que Sintracon exija providências da Caixa Econômica Federal sobre calote da Homex

O vereador Engenheiro Edson Shimabukuro (PTB) recomendou na tarde de hoje durante oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Homex, que os representantes do Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores na Industria da Construção Civil e do Mobiliário de Campo Grande) exijam da Caixa Econômica Federal a cobertura dos prejuízos causados pela construtora mexicana Homex, contratada para realizar a construção de unidades habitacionais em Campo Grande. A empresa, além de não concluir as obras deixou de efetuar o pagamento dos direitos trabalhistas para os contratados.

Edson lembrou que a Caixa foi o agente financiador do empreendimento, por isso tem o dever de arcar com custos de materiais, mão de obra e encargos sociais. “A Caixa reteve o dinheiro porque a Homex não atendeu as expectativas, no entanto, ela ainda pode ser responsabilizada pelos compromissos que não foram cumpridos com os funcionários, isso enquadrasse nos encargos sociais”, disse.

Segundo o representante do Sintracon, Eliseu Pacheco, devido a demora no repasse do dinheiro referente à recisão contratual, muitos trabalhadores que prestavam serviços para empresa mexicana se encontram em situação crítica. “Recentemente tivemos que intervir e fazer o repasse de algumas cestas básicas para ajudar os trabalhadores, porém, o sindicato não tem condições financeiras pra sempre sanar essas necessidades”, disse Eliseu.

Clayton Neves