01 de outubro de 2020
Campo Grande 41º 24º

Vereador acredita que Antonio João é o nome mais forte para se lançar ao Senado ao lado de Azambuja

Após ressaltar que o PSD (Partido Social Democrático) está mais próximo do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) no Estado e possui dois nomes fortes para compor chapa majoritária, o vereador Chiquinho Telles (PSD) ressaltou na tarde de hoje que entre Tereza Name e o presidente do partido, Antonio João Hugo Rodrigues, o nome mais forte para lançar como pré-candidato ao Senado seria do presidente do partido. “Temos a dona Tereza e o presidente Antonio João para indicar a uma chapa majoritária e pode ser na chapa do PSDB, já que o Azambuja fez o convite ao partido. Na minha opinião, o nome mais forte neste momento seria do presidente Antonio João, que já foi suplente do Delcídio. A dona Tereza tem um grande trabalho porque já foi vereadora da Capital, mas acredito que neste momento nome mais apropriado é do Antonio João”, afirma Chiquinho. Sobre o fato de Tereza Name ter declarado apoio ao pré-candidato ao governo do Estado Delcídio do Amaral (PT), Chiquinho diz que a atitude foi precipitada, já que o próprio presidente do partido defende que os membros devem defender os pré-candidatos escolhidos pelo diretório regional. “Acredito que ela se precipitou ao declarar apoio ao Delcídio, claro que todos têm o direito de expressar a opinião, mas nosso presidente sempre defendeu essa união entre os membros e o certo é defender o que for melhor para o partido”. Diante disso, o vereador faz questão de ressaltar que o PSD não tem intenção de coligar com o PT (Partido dos trabalhadores) em Mato Grosso do Sul. “Já decidimos claramente que o partido não caminhará com o PT nas eleições de 2012. Nossas conversas são realizadas com Nelsinho e Azambuja, mas com o PT não vamos coligar, isso já foi decidido entre os membros do partido”, finaliza Chiquinho Telles. Dany Nascimento