05 de maio de 2021
Campo Grande 34º 20º

Problemas pela frente

Vídeo: Solurb paralisa atividades e “heranças” de Olarte preocupam administração de Bernal

A- A+

Os trabalhadores da Solurb suspenderam as atividades de coleta de lixo em Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (3) em protesto sobre o não pagamento do vale alimentação, que era previsto para ser pago no dia 1º de setembro e não foi efetivado até o fim da manhã desta quinta-feira.

Com a paralisação, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, cancelou uma agenda de homenagens ao prefeito, pela realização da Marcha Para Jesus, a se realizar na igreja Sara Nossa Terra, juntamente com o Conselho de Pastores de Campo Grande.  Neste momento, o prefeito está em reunião, em seu gabinete de acordo com a assessoria de imprensa, com secretários e técnicos na tentativa de buscar uma solução para os coletores da Solurb, já que a coleta está paralisada. 

Em torno de 350 trabalhadores estão de “braços cruzados”, afetando regiões como o bairro Aero Rancho e Coophavilla 2 na saída para Sidrolândia. De acordo com a categoria, o vale alimentação é de R$ 373 reais, que está atrasado há dois dias. 

Herança

Se nos seus “primeiros” dias de gestão, Alcides Bernal já destravou o impasse da greve dos médicos e dos professores da rede municipal de ensino, o prefeito já tem seu primeiro problema pela frente, herdado da administração anterior comandada pelo ex-prefeito Gilmar Olarte (PP), que não efetuou o pagamento dos funcionários garantidos pela lei trabalhista.

Veja o vídeo abaixo da mobilização dos trabalhadores da Solurb

Enquanto isso, o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) investiga um suposto esquema de compra de votos onde existe suspeita de que milhões foram gastos para que Alcides Bernal fosse cassado. Neste contraponto, os funcionários continuam sem o pagamento do vale alimentação por falta de verbas na prefeitura de Campo Grande.