30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Zeca rebate críticas de Freire ao governo petista

Heloísa Lazarini O vereador e ex-governador Zeca do PT rebateu as críticas do deputado federal Roberto Freire (PPS) que esteve hoje pela manhã na Câmara de Vereadores de Campo Grande e teceu diversas críticas sobre a política econômica petista. Para Zeca Freire não passa de um “boquinha”, que faz do PPS um partido que tenta a cada eleição abocanhar uma fatia do bolo dentro da politica no Brasil. Zeca questionou as declarações de Freire sobre a desaceleração da economia brasileira devido ao excesso de investimentos do governo petista em políticas sociais. O vereador ressaltou que durante o governo do PT o Brasil alcançou os maiores índices de sua história no tocante á geração de empregos (durante os últimos oito anos foram gerados cerca de 20 milhões de empregos). Para o vereador, a crítica de Freire não possui fundamento. “Cada vez o Brasil bate recordes em geração de emprego. Hoje em grandes cidades falta mão de obra. Freire sempre foi articulado com partidos de direita, conservadores como o DEM (Democratas) e o PSDB (Partido Socialista Democrático Brasileiro) que defendem explicitamente o neoliberalismo”, declarou Zeca. Zeca não perdeu a oportunidade para relembrar o passado político de Roberto Freire e afirmou que as críticas do deputado são exclusivamente fruto de um ressentimento político com o PT. “Freire hoje critica o PT porque ele perdeu o apoio do partido quando era senador por Pernambuco. Depois disso ele não conseguiu mais se eleger lá e teve até que mudar seu título para são Paulo, por isso ele fica fazendo do PPS um partido de boquinha, cada hora vai com partido, aqui no PT nós não queremos ele”.