22 de maio de 2024
Campo Grande 24ºC

ACIDENTE FATAL | CAMPO GRANDE (MS)

Sobrevivente, Analu pergunta sobre as 4 amigas mortas em acidente

Ela é servidora pública na Sisep da Capital

A- A+

A servidora pública Analu Mendes Mali, de 29 anos, pergunta das amigas o tempo todo e ainda não sabe que elas morreram no acidente de trânsito. A afirmação é da professora Juliana Monteiro, de 32 anos, prima que acompanha a recuperação de Analu, internada na 6ª.feira (10.mar.23), na Santa Casa de Campo Grande (MS). Issa notícia saiu no Campo Grande News.

Analu é a única sobrevivente de um grupo de 5 amigas. Elas estavam a bordo de um Fiat Argo indo para Rio Verde do Mato Grosso, mas durante ultrapassagem ontem, colidiram frontalemente contra uma caminhonete Hilux, num trecho da BR-163, entre Campo Grande e Jaraguari (MS). O estado de saúde de Analu, anotou o site, é grave.  

No texto, as jornalistas Dayene Paz e Izabela Cavalcanti, disseram que os pais de Analu moram em Corumbá (MS) e estão vindo para Campo Grande acompanhar a filha. A jovem servidora é mora sozinha na Capital.  

A prima considerou que a familiar passou por um espisódio milagroso. "Estava atrás e presa nas ferragens. Foi um verdadeiro milagre só de ela ter sobrevivido", considerou, explicando qual seria o atual estado de saúde da prima. "O médico disse que ela está com várias fraturas, no quadril, tórax, dois pulsos, fêmur e cervical. Também estava com sangramento no abdome, que já passou". 

Apuramos que Analu é Engenharia Civil e trabalha na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) da Capital.  

Mais cedo mostramos aqui no MS Notícias quais eram as profissões das 4 amigas, vítimas fatais. Ainda a reportagem revelou em primeira-mão a real dinâmica do acidente fatal.