26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

ECONOMIA

Real sucateado: família de SP envia R$ 50 bilhões ao exterior; pagou 2 bi só de imposto

O real foi a moeda que mais perdeu valor em relação ao dólar nos nove primeiros meses de 2020

A desvalorização acelerada do real pode ter levado uma família de São Paulo a enviar ao exterior a quantia de R$ 50 bilhões. Tudo legal e regular. Tanto que apenas de Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) a família pagou R$ 2 bilhões. A informação é da Coluna do Lauro Jardim, do O Globo.

O real foi a moeda que mais perdeu valor em relação ao dólar nos nove primeiros meses de 2020. A desvalorização acumulada de janeiro a setembro foi de 39,59%. Nenhuma divisa, entre as de países emergentes e as 33 mais negociadas no mundo, teve um desempenho tão ruim.

EIS O LEVANTAMENTO 

Para além da pandemia da Covid-19, que afetou o mundo inteiro, são os problemas domésticos, principalmente o risco fiscal, que explicam esse resultado ruim.

O site Gazeta do Povo selecionou 15 moedas, entre as mais relevantes do mundo (como euro e libra) e as de países emergentes. O real aparece com o pior desempenho no ano. Na sequência, com desvalorizações de mais de 20% no ano, aparecem a lira turca (-29,76%), o peso argentino (-27,69%) e o rublo russo (-25,24%).