25 de janeiro de 2022
Campo Grande 36º 23º

MANIFESTAÇÃO | FOME

Integrantes do MTST protestam na "Mansão da Rachadinha" de Flávio Bolsonaro

Comprada pelo senador filho "01" do presidente , propriedade custou R$ 6 milhões

A- A+

Último dia de setembro, após manifesto de estudantes na sede da Prevent Senior, a 5ª feira (30.set.2021) é marcada também pelo protesto de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que acontece em frente à  mansão de R$ 6 milhões comprada pelo senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). 

"Somos mais de 19 milhões de brasileiros sem feijão enquanto a família do presidente desfruta de luxos e de mansão!", aponta o movimento que chama atenção para a fome em território nacional. 

A mansão de Flávio fica em um condomínio do Setor de Mansões Dom Bosco, área nobre do bairro Lago Sul, em Brasília. Tem piscina e paisagismo irrigado artificialmente. São dois andares com pisos revestidos de mármore carrara e crema marfil.

Manifesto MTST

"Enquanto o povo está na fila do osso, a família Bolsonaro esbanja luxo com dinheiro duvidoso", destacou o líder do MTST, Guilherme Boulos.

Em números absolutos, segundo o último relatório da  Organização da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO, em inglês), são 49,6 milhões de pessoas, ao incluir crianças, que deixaram de comer por falta de dinheiro, ou tiveram redução na qualidade e na quantidade de alimentos ingeridos.

Essa ação do MTST faz parte da jornada contra a fome e a inflação “Tá tudo caro, a culpa é do Bolsonaro!”, que se iniciou na semana passada com a ocupação da Bolsa de Valores (IBOVESPA) em São Paulo.