29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

GESTÃO

Prefeitura entrega nessa sexta-feira, duas unidades de saúde paradas há 10 anos

Em 4 anos de gestão Marquinhos Trad conseguiu destravar recursos de R$ 1,2 milhão e entrega as unidades de saúde aos campo-grandenses

Na próxima sexta-feira (20), a Prefeitura de Campo Grande inaugura mais duas novas Unidades de Saúde da Família (USFs), nos bairros Arnaldo Estevão Figueiredo e Cristo Redentor. As obras ficaram paradas por quase uma década. As unidades irão beneficiar, mais de 10 mil pessoas, e deve desafogar unidades próximas.

Abarcado em um programa federal de 2010, o Requalifica UBS, a construção teve de ser interrompida, por inúmeros problemas, Marquinhos Trad, o prefeito de Campo Grande, finalmente conseguiu destravar o empreendimento em sua gestão de 4 anos. 

Além das USFs Arnaldo Estevão Figueiredo e Cristo Redentor, outras seis unidades previstas no programa federal foram concluídas nos últimos três anos: UBSF Sírio Libanês, UBSF Vila Cox, UBSF Azaleia, UBSF Oliveira II, UBSF Dom Antônio Barbosa e UBSF Zé Pereira.

Conforme o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, a ampliação e fortalecimento da Atenção Primária são fundamentais. “Oportunizando o acesso do paciente ao atendimento perto de casa vamos assegurar que ele tenha uma assistência de melhor qualidade. Investindo na prevenção é possível evitarmos cidadãos cada vez mais doentes no futuro e desta forma vamos reduzir a quantidade de pessoas que hoje procuram as unidades de urgência e, por sua vez, acabam parando nos hospitais”, argumentou.

A USF Arnaldo Estevão de Figueiredo irá atender a população dos bairros de sua área de abrangência: Parque Residencial Arnaldo Estevão de Figueiredo; Bairro Dalva de Oliveira I e II; Aldeia Urbana Marçal de Souza; Vila Cavan. Batizada com o nome do médico pediatra Edgard Pedro Raup Sperb, falecido no ano passado, aos 92 anos, a unidade possui 406,07 M2 de área construída e conta com investimento de pouco mais de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 1 milhão de recursos da prefeitura e R$ 200 mil do Ministério da Saúde.

Já a USF Cristo Redentor irá atender a população dos bairros de sua área de abrangência: Parque Rita Vieira I, II e III; Jardim Água Viva; Jardim lagoa dourada; Jardim Cristo Redentor; Bairro Estrela Park; Bairro Parque Dallas.

O nome da unidade será em homenagem ao médico Carlos Alberto Jurgielewicz, falecido em 2015. A estrutura conta com 428,30 M2 de área construída e investimento de pouco mais de R$1,3 milhão, sendo R$937 mil de recursos próprios e R$400 mil do Ministério da Saúde.

A estrutura física de ambas as unidades dispõe de: recepção, sala de vacinação, serviço social, copa, almoxarifado, farmácia, sala de agentes comunitários, sala de pré e pós consulta, sala de procedimentos, sala de inalação, consultórios, sala de curativo, central de material e esterilização, consultório odontológico, sanitários e auditório.

Serão oferecidos os serviços de: pré-natal, puericultura, consultas médicas, consultas de enfermagem, atendimento odontológico, vacinação, visita domiciliar por agente comunitário e equipe, exames preventivos, teste do pezinho, curativos, dispensação e administração de medicamentos, atendimento com assistente social, agendamento de consultas e exames, controle de glicemia para pacientes diabéticos, grupo de controle de hipertensos, atendimento aos programas ministeriais (saúde da criança, saúde do adolescente, saúde do idoso, saúde da mulher, tuberculose e hanseníase entre outros).