24 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 20º

Turma da Mônica

Professora e cientista de Campo Grande vira personagem da Turma da Mônica

Neiva Guedes foi homenageada por Maurício de Souza pela sua contribuição à ciência no Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência

A professora e bióloga Neiva Maria Robaldo Guedes foi surpreendida na terça-feira (11) ao virar personagem da Turma da Mônica. A homenagem, feita e acompanhada por Maurício de Souza, foi prestada em comemoração ao Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Neiva ganhou uma imagem a retratando como uma personagem da Turma da Mônica, um dos gibis mais conhecidos do Brasil e que fez parte da infância de vários. Em entrevista ao Jornal Midiamax, a professora, que além de presidente do Instituto Arara Azul também é pesquisadora do mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Universidade Uniderp, falou sobre a surpresa e sobre as mulheres na ciência.

“Fiquei bem feliz. Me senti honrada porque é reconhecimento de um trabalho de longo prazo e também por representar todas as pessoas do nosso grupo de trabalho. Me sinto honrada também como sul-mato-grossense, como mulher e como brasileira de ter esse reconhecimento de Maurício de Souza, que fez parte da minha infância”, conta a professora.

(Reprodução, Donas da Rua/Turma da Mônica)

A pesquisadora ressalta ainda que a intenção é continuar a divulgar o trabalho dos profissionais da área, principalmente para o público mais jovem, incitando a preservação do ambiente. Ainda, reafirma que o trabalho que preside com as Araras Azuis vai além dos animais e busca a conservar a natureza como um todo.

“A ciência no Brasil não é muito reconhecida e divulgada, mesmo tendo talentos muito bons. Quem sabe começamos a despertar isso em outras mulheres também? Ser uma mulher cientista é uma luta diária, mas é uma luta boa e que vale à pena”, ressalta Neiva.

A imagem faz parte do projeto Donas da Rua da História, criado para resgatar a trajetória de pesquisadoras e cientistas que marcaram a humanidade com suas ações. Marie Curie, Ada Lovelace, Bertha Lutz, Katherine Johnson e Katie Bouman são algumas cientistas que já foram homenageadas pelo projeto que destaca as mulheres na história. O site traz a mensagem “Seja sua própria heroína”.